Refinanciamento de empréstimo consignado. O que é? Vale a pena?

Refinanciamento de empréstimo consignado. O que é? Vale a pena?

Após a concessão do crédito, ou seja, de você receber o dinheiro, começa o processo de pagamento das parcelas referente ao crédito. Entretanto, durante esse caminho de pagamento, muita coisa pode acontecer. Dentre elas, você pode precisar de mais dinheiro, popularmente o ‘’troco’’, pode aumentar ou diminuir o valor e número de parcelas conforme ache necessário e possível, dentre outros.

É neste contexto de substituição ou alteração de um empréstimo já existente que está o refinanciamento de empréstimo consignado.

Como funciona o refinanciamento?

Ao refinanciar o crédito, a instituição contratada quitará todo o restante da dívida pendente e fará um novo contrato.

Opções do contrato de refinanciamento:

  • Receber mais dinheiro e manter o valor das parcelas, prolongando o número de parcelas. (objetivo: receber mais crédito).
  • Manter o valor e prolongar o número de parcelas. (objetivo: diminuir o valor das parcelas).
  • Manter o valor e diminuir a taxa de juros. (objetivo: diminuir o valor das parcelas).

A parcela consignável e margem consignável

Assim como na contratação do crédito consignado é analisada a margem consignável, no refinanciamento ela também é fator decisivo, principalmente se o objetivo for receber mais dinheiro (crédito extra), veja como.

Os valores liberados serão proporcionais ao que já foi pago do empréstimo inicial. De forma que, quanto mais parcelas pagas, maior é  limite permitido para o refinanciamento.

Prazos de duração dos contratos de refinanciamento

  • 48 meses para trabalhadores privados;
  • 60 meses para militares.
  • 72 meses para beneficiados pelo INSS;
  • 96 meses para servidores públicos;

Averbação

  • No refinanciamento a averbação pode demorar até 2 dias úteis, e acontece após as análises de documentos pela instituição.

Para renegociar as condições de um empréstimo vigente, o refinanciamento é a melhor alternativa, mas nem sempre é possível.

Conheça os detalhes de um novo contrato

  • Deve ser feito pela mesma instituição em que ele foi firmado
  • Não é permitido refinanciar um empréstimo antes de pagar a primeira parcela.
  • Em algumas instituições é necessário que uma quantidade da dívida já esteja paga para redefinir os juros ou prazos.
  • Seja qual for a operação, não se refinancia aumentando a taxa de juros, o juros se mantem ou diminui.

Vantagens do refinanciamento de crédito consignado:

  • Trocar uma dívida cara por um novo contrato com taxas menores.
  • Simplicidade e velocidade, pois a instituição, por já ter seus dados e documentos, faz análise e liberação do novo contrato com menos burocracia.
  • Contratar um valor maior com o refinanciamento, podendo ser a taxa menor ou igual que o primeiro contrato.
  • Diminuir o valor das parcelas mensais.
  • O crédito entra na conta de 1 a 3 dias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *