Pagamentos Instantâneo Pix

Pagamentos Instantâneo Pix

O que é Pix?

  • Pix é um meio (serviço) de pagamentos instantâneo

Uma inovação no serviço de transferências e pagamentos, realizando-os em até dez segundos (em tempo real).

O produto Pix foi anunciado e será regulado pelo Banco Central.  

Ele funcionará todos os dias (útil e não útil) com o mesmo tempo de realização de serviço. Com o meio de pagamentos Pix, não haverá mais dúvidas sobre qual o dia que o dinheiro ‘’vai cair’’.

Além disso, uma das inovações do Pix é baratear o preço das operações de pagamentos e transferências.

Entenda a inovação e economia do Pix

Os serviços financeiros de pagamento e transferências, de modo geral, têm limitações e custos de funcionamento.

Transferências – TEDs e DOCs.

  • Algumas instituições financeiras cobram até R$ 20,00 por TED.
  • Algumas transferências operam apenas em dias úteis. Ou seja, a transferência pode atrasar até 3 dias. (Transferência numa sexta-feira, por exemplo).

Pagamentos – boletos, pagamento em dinheiro, cartões e transações físicas.

  • O dinheiro vivo vem sendo cada vez menos utilizado.
  • O boleto tem custo de emissão e demora até debitar.

Agora, além das possibilidades já conhecidas, surge uma nova alternativa e cheia de vantagens.

Vantagens do pagamento Pix

  • O Pix – para usuários pessoa física – será totalmente gratuito
  • Para instituições financeiras – pessoas jurídicas – o custo será de R$ 0,01 a cada dez transações.

Quando o Pix será lançado?

  • O anúncio do produto, características e valores foi em Fevereiro.

Entretanto, o Pix começará a funcionar em Novembro.

Quem poderá utilizar o Pix?

  • Pessoas físicas
  • Bancos e fintechs com mais de 500 mil contas ativas     

O que poderá ser feito com o Pix?

  • Transferência de valores entre pessoas
  • Pagamento de contas
  • Recolhimento de imposto – Taxas de serviço
  • Fazer pagamentos (em restaurantes, bares, supermercados).

Detalhes sobre o novo meio de pagamento em tempo real

  • As transações acontecem sem intermediação, ou seja, o valor sai de uma conta direto para a outra. Isto é o que torna o serviço mais barato.

Algumas fintechs já trabalham nesse modelo sem intermediação e transações em tempo real, entretanto, o serviço só é possível para contas de um mesmo banco. Com o Pix, diferentes instituições poderam negociar em tempo real.

Como serão as transações pelo Pix?

Fonte: BC

  • QR Code gerado pelo Pix.
  • Chave Pix – um código gerado a cada usuário.
  • Dados bancários – nome, CPF, agência e conta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *