Juros rotativos: A taxa (gigante) sobre a fatura do cartão de crédito.

Juros rotativos: A taxa (gigante) sobre a fatura do cartão de crédito.

O que acontece se eu não pagar o valor total da fatura?

Isso pode ser muito prejudicial para sua vida financeira. Apesar das mudanças no sistema de pagamentos de faturas atrasadas, suas desvantagens são enormes. Veja alguns conceitos e seus valores cobrados.

Crédito e juros rotativos, o que são?

O crédito rotativo é

  • O rotativo é um serviço de crédito que pode ser utilizado pelos clientes de cartão de crédito que não conseguiram pagar a fatura total – pagaram apenas parte dela.

Os juros do rotativo são

  • Quando o cliente não paga o valor total da fatura, o valor que faltou entra na fatura do mês seguinte – neste valor em aberto são cobrado os juros.

Por que evitar o Juros rotativo?

Os juros do rotativo costumam ser os mais altos do mercado financeiro!

O Banco Central esclarece 20 dúvidas sobre o crédito rotativo

Qual o valor do juros rotativo?

  • Os juros do rotativo, em sua última análise, estavam em 298,6% ao ano.

Fonte: Agência Brasil.

Como funciona o Crédito rotativo?

É possível utilizar o crédito rotativo uma vez por mês

É da obrigação dos bancos transferir essa dívida para o crédito parcelado, pelos seus juros menores.

Deve vir, de maneira clara, na fatura do cartão, todas as informações necessárias como: juros cobrados, valor da parcela etc.

O cliente pode aceitar as condições de financiamento da instituição ou pode negociar outras condições de pagamento.

O que acontece se não pagar o crédito rotativo?

Se não foi paga a dívida no fechamento da fatura seguinte e não foi negociada ou oficializada nenhuma outra forma de pagamento do valor em aberto, o cliente ficará inadimplente.

Desvantagens de estar inadimplente

  • Cartão bloqueado pela instituição financeira
  • Juros por dia de atraso ou sobre o valor em dívida
  • Multa
  • Juros de mora

Cada item pode variar de acordo com o que foi acordado no contrato.

Como evitar o rotativo?

  • Verifique com seu banco quais são as taxas de juros cobradas
  • Tenha controle dos seus gastos e seus limites (para não ultrapassá-los)
  • Se possível, sempre pague o valor total da fatura e evite os juros.
  • Nunca deixar a fatura total em atraso

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *